Seguidores

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Poetas da Nossa Terra




NEM  SEMPRE


Nem sempre sou igual no que digo e escrevo.
Mudo, mas não mudo muito.

A cor das flores não é a mesma ao sol
de que quando uma nuvem passa,
ou quando entra a noite e as
flores são cor da sombra.

Mas quem olha bem, vê que
são as mesmas flores.

Fernando Pessoa
********************************************

4 comentários:

isa disse...

Trouxeste um dos Poetas do meu coração.
Bem hajas.
Beijo.
isa.

Albertina Granja disse...

O Poeta diz: "NEM SEMPRE" , ao que o povo acrescenta: "NEM NUNCA...."

É mais um profundo, enigmático mas belo poema do nosso querido Fernando Pessoa....!!!!

Albertina Granja

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido amigo

Como sempre uma escolha perfeita, um poeta que admiro muito e dos mais inteligentes poetas.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Tais Luso disse...

Esse é um monumento à poesia!
Fantástico, sempre!
bjs.