Seguidores

sábado, 23 de julho de 2011

Poetas da Nossa Terra

 


 A IMPOSSÍVEL SARÇA

 Que mais fazer
se as palavras queimam
e tanta coisa em fumo em tanta coisa
sarças ardentes do avesso
o fogo em labaredas que mais
fazer
Que mais fazer
se nem a água tantas vezes
descrita abençoada
mas demais e cristã
também castigo

Mas como nem castigo

nem as nuvens de fumo na sarça
do avesso
se tudo no avesso
das palavras

que não chegam

— mas cegam

Ana Luiza Amaral


5 comentários:

Solange disse...

lindos poemas...tão bem escolhidos por ti..

bjs.Sol

Sonhadora disse...

Meu amigo

Um poema lindo como sempre boas escolhas.

Deixo um beijinho e desejo um bom fim de semana.
Rosa

Mara disse...

Boa tarde, meu querido !
Belo poema, esse eu não conhecia.
Bom final de semana.
Um beijo carinhoso,
Mara

Evanir disse...

A esperança e a alegria de viver esta
nos atos de amor que praticamos.
Quero viajar todos os dias semeando
a paz no coração dos amigos (as)ser
apreciada por minha presença.
Quero jogar flores por onde
eu passar.
E em silêncio deixar a palavra
mais bonita.
(Creia em Deus porque viver é fantástico.)
Um beijo na alma e no coração com carinho,,Evanir,

Argos disse...

Olá Andrade,

Este não conhecia, obrigado por partilhar.
Vou pesquisar mais.

Abraço