Seguidores

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Poetas da Nossa Terra

II Concurso de Poesia da UTIA 

Maria do Espírito Santo obteve o 2º Prémio em Poesia Livre.






9 comentários:

isa disse...

Belíssimo Poema!
Estás de Parabéns por dares a conhecer valores da nossa Terra!
Beijo.
isa.

Isamar disse...

Gostei muito do poema.Desta vez, não conhecia a poetisa mas vou tentar conhecer a sua obra. Bem-hajas pela divulgação.

Beijinhos

Albertina Granja disse...

Como todos os poemas da "Espírito Santo", este, é mais um daqueles que nos tocam...., bem fundo......
É lindo, lindo mesmo.....

tulipa disse...

Muitíssimo obrigado pelas suas palavras de ânimo e compreensão.

Como é bom ler e sentir as boas energias que me passa.

Agradeço os votos de que tudo corra bem e que a exposição seja um sucesso.

Nem sempre estes acontecimentos nos satisfazem plenamente e correspondem ao empenho que lhe demos, mas é preciso olhar como quem espera.
SIM...
não espero grande afluência amanhã na inauguração,
sei bem o desinteresse das pessoas,
só que eu nunca baixo os braços,
vou sempre em frente.

Venham os que vierem,
sejam poucos mas bons!!!

Só me preocupo com o bem e sei que o faço com a melhor das intenções, quem não gostar paciência.

Eu pelo menos tento e faço o melhor que sei.

Um abraço.

Mara disse...

Boa noite. Zé!
Belíssimo poema, gostei muito.
Beijos,
Mara

Magia da Inês disse...

Amigo,

Passei para apreciar essas lindas poesias da terrinha do coração... meu querido Portugal.

Bom fim de semana!
Beijinhos.

°º♫
°º✿Brasil
º° ✿♥ ♫° ·.

Memória de Elefante disse...

Não conhecia esta poeta.Me senti abraçada pelo poema!

Um beijo

Sylvia Rosa disse...

Amor e Saudade, combinação constante e linda!!!
Estive sem pc e senti saudades daqui e de vc.
Bj amigo

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog rosa solidão. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs

Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.

Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/