Seguidores

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Poetas da Nossa Terra





Primeiro a tua mão sobre o meu seio.




Primeiro a tua mão sobre o meu seio.
Depois o pé - o meu - sobre o teu pé.
Logo o roçar urgente do joelho
e o ventre mais à frente na maré.

É a onda do ombro que se instala.
É a linha do dorso que se inscreve.
A mão agora impõe, já não embala
mas o beijo é carícia, de tão leve.

O corpo roda: quer mais pele, mais quente.
A boca exige: quer mais sal, mais morno.
Já não há gesto que se não invente,
ímpeto que não ache um abandono.

Então já a maré subiu de vez.
É todo o mar que inunda a nossa cama.
Afogados de amor e de nudez
Somos a maré alta de quem ama

Por fim o sono calmo, que não é
Senão ternura, intimidade, enleio:
O meu pé descansando no teu pé,
A tua mão dormindo no meu seio.


in «Cem  Poemas Portugueses no Feminino»,


 

7 comentários:

isa disse...

Há Poemas lindos da Rosa Lobato Faria. Este tem um doce e suave
erotismo,uma encantadora sensualidade que muito me encanta.
Beijo.
isa.

Isamar disse...

Um belo poema, pleno de sensualidade, de erotismo, de amor...
Li-o com muito, muito, prazer.
Rosa Lobato Faria foi uma Mulher multifacetada que, além da poesia, sobressaiu como escritora de narrativas muito bonitas, como autora no teatro e novelas, como actriz...
Uma escolha muito boa, mais uma vez,que atesta o teu bom gosto.

Bem-hajas!

Beijinhos

Mara disse...

Que lindo Zé!
melhor nem comentar!
...
O meu pé descansando no teu pé,
A tua mão dormindo no meu seio.

Beijos....

DÉIA disse...

Seu blog é muito bom por isso vim até o seu espaço e gostei muito do que li por aqui. Tenho um blog Tb gosto d++ de poemas. E estou te seguindo se VC puder da uma passada La no meu blog. VAI SER UM PRAZER SE PUDER ME SEGUIR...Bejs . Déia.........
Esse é o link do meu blog
http://wwwdeiablog.blogspot.com/

Catia Bosso disse...

Que delicia!
Sempre gosto de ler o povo da sua terra...um encanto.

Bj

Memória de Elefante disse...

"Já não há gesto que se não invente"

Esta frase diz tudo na escrita desta grande poeta!

Um beijo

JUAN FUENTES disse...

Bonita poesia,ella nos hace la vida más agradable.

Gracias por pasar por mi blog y por tu comentário

Abrazos Juan