Seguidores

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Poetas da Nossa Terra




Cantares Alentejanos

Zeca Afonso

Chamava-se Catarina
O Alentejo a viu nascer
Serranas viram-na em vida
Baleizao a viu morrer
Ceifeiras na manha fria
Flores na campa lhe vao pôr
Ficou vermelha a campina
Do sangue que entao brotou
Acalma o furor campina
Que o teu pranto nao findou
Quem viu morrer Catarina
Nao perdoa a quem matou
Aquela pomba tao branca
Todos a querem p'ra si
O Alentejo queimado
Ninguém se lembra de ti
Aquela andorinha negra
Bate as asas p'ra voar
O Alentejo esquecido
Inda um dia hás-de cantar
******************************************

11 comentários:

Flor da Vida disse...

Belo e profundo poema! Obrigada meu amigo, por compartilhar! Deixo a ti um abraço de ótima noite e meu carinho... Bjsss

Tear de Sentidos disse...

Tão lindo o Alentejo! Tão lindas as canções de Zeca Afonso!
Abr,
Saudações lusitanas!
TÇe!

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Sempre o imortal Zeca, adoro.

tenho no meu blogue o selo de 400 seguidores, que gostaria de oferecer.

beijinhos
Sonhadora

Fernando Santos (Chana) disse...

Grande poema de Zeca Afonso...Espectacular....
Um abraço

Mara disse...

Bom dia, meu querido Zé!
Zeca Afonso e suas belíssimas composições.Sei que gostas muito do que ele escreve. Este eu não conhecia, gostei muito.
Gosto também das músicas dele que escolheste para o teu Blog.
Parabéns querido....
Beijos meus...atravessando o Oceano.
Com carinho,
Mara

Isa disse...

Poema forte de Zeca!
Homenagem a uma Mulher que já é um símbolo!
Beijo.
isa.

poetaeusou . . . disse...

*
gosto desta,
,
As sete mulheres do Minho
mulheres de grande valor
Armadas de fuso e roca
correram com o regedor
Essa mulher lá do Minho
que da foice fez espada
há-de ter na lusa história
uma página doirada
Viva a Maria da Fonte
com as pistolas na mão
para matar os Cabrais
que são falsos à nação !
,
in-Zeca Afonso !
,
abraço,
,
*

piedadevieira disse...

Lindíssimo o poema.
Beijinhos

FlorAlpina disse...

Belo poema!
Mas muito mais o Alentejo!
Saudades...

Bjs dos Aples

Maria disse...

Amigo excelente escolha, Zeca Afonso um poeta maravilhoso.
Tenha um fim-de-semana cheio de paz e felicidade.
“Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho.” (Mahatma Gandhi )
Beijinhos
Maria

Nilce disse...

Lindo, triste e muito profundo.
Gostei muito do poema.
Obrigada por compartilhar.

Bjs no coração!

Nilce