Seguidores

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Poetas da Nossa Terra



Tenho pena e não respondo

Tenho pena e não respondo.
Mas não tenho culpa enfim
De que em mim não correspondo
Ao outro que amaste em mim.

Cada um é muita gente.
Para mim sou quem me penso,
Para outros --- cada um sente
O que julga, e é um erro imenso.

Ah, deixem-me sossegar.
Não me sonhem nem me outrem.
Se eu não me quero encontrar,
Quererei que outros me encontrem?

Fernando Pessoa

6 comentários:

Isa disse...

Um verdadeiro primor este poema de Pessoa!
E...está "amorosamente" correcto!
Beijo.
isa.

Sonhadora disse...

Meu querido amigo
Um belo poema de Pessoa, adorei a escolha.

Beijinhos
Sonhadora

MM - Lisboa disse...

Meus Deuses!

Mariana disse...

gostei daqui
e no outro blog, qta coisa linda
se é vc que faz, parabéns, bela arte

EMOÇÕES disse...

Olá Zé1
Fernando Pessoa é sempre bem vindo.
Esse poema dele, me diz muito.
deixo pra ti esses versos.

Tenho em mim todos os sonhos do mundo
Fernando Pessoa
Bjs

Multiolhares disse...

o meu poeta de eleição, e difícil nos queremos encontrar, por vezes descobrimos de nós muito que não gostamos
Bj