Seguidores

sábado, 8 de junho de 2013

Poetas da Nossa Terra





                             Canção


Venham ver a maravilha
Do seu corpo juvenil!
 
O sol encharca-o de luz,
E o mar, de rojo, tem rasgos
De luxúria provocante.
 
Avanço. Procuro olhá-lho
Mais de perto... A luz é tanta
Que tudo em volta cintila
Num clarão largo e difuso... 

Anda nu - saltando e indo,
E sobre a areia da praia
Parece um astro fulgindo.

Procuro olhá-lo; - e os seus olhos 
Amedrontados, recusam
Fixar os meus... -  Entristeço... 

Mas nesse olhar fugidio -
Pude ver a eternidade
Do beijo que eu não mereço...

António Botto

*****************************************


4 comentários:

Albertina Granja disse...

Bom dia Andrade...
Que belo poema de António Botto....!!!
Feliz fim de semana...
Albertina

isa disse...

Uma bela escolha.
Bom fim de semana.
Beijo.
isa.

Solange disse...

um poema interessante..
que nos faz pensar quem seria ele..

bjs.Sol

Rabisco disse...

Olá!
Esta é a página do Facebook do meu novo livro de poesia "Em Teus Olhos Seria Vida".
Gostava de poder contar com o teu "gosto" na minha página.
Obrigado!

www.facebook.com/EmTeusOlhosSeriaVida

ou em:

poesiafaclube.com/store/josé-manuel-pereira-"em-teus-olhos-seria-vida"

=)