Seguidores

terça-feira, 23 de abril de 2013

Poetas da Nossa Terra

Ao 25 de Abril

                                       



                                      S.O.S! S.O.S.!


Fantasmas de todos os planetas! Fantasmas de todos os planetas!
Saltai em pára-quedas no silêncio que há por dentro do silêncio
e vinde salvar-nos!

Vinde salvar os homens
para aqui abandonados ao pesadelo de si mesmos,
só a serem homens,
homens apenas,
homens sempre,
de manhã até à noite,
semi-homens,
infra-homens,
super-homens,
ex-homens...
E fartos, fartos, fartos, fartos, fartos, fartos
desta desistência
de já nem quererem ser deuses!

Nem de transfomarem os cavalos em relâmpagos!


José Gomes Ferreira

2 comentários:

isa disse...

Esse SOS desesperado ecoa por aqui.
Um Poema bem atual.
Beijo.
isa.

Albertina Granja disse...

Que grande verdade que este poema nos transmite......!!!!!
Há muito que não lia nada de José G. Ferreira e este poema não o conhecia....
Gostei muito....