Seguidores

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Poetas da Nossa Terra




Sobre a neve


Sobre mim, teu desdém pesado jaz
Como um manto de neve...  Quem dissera
Porque tombou em plena Primavera
Toda essa neve que o Inverno traz!

Coroavas-me inda há pouco de lilás
E de rosas silvestres... quando eu era
Aquela que o Destino prometera
Aos teus rútilos sonhos de rapaz!

Dos beijos que me deste não te importas,
Asas paradas de andorinhas mortas...
Folhas de Outono e correria louca...

Mas inda um dia, em mim, ébrio de cor,
Há-de nascer um roseiral em flor
Ao sol da Primavera doutra boca!
 
***************************************

 

3 comentários:

isa disse...

A grande poetiza do amor.
Beijo.
isa.

Albertina Granja disse...

A nosa querida e grande poetisa Florbela Espanca...!!!!
Nunca tenho muitas palavras para descrever a beleza dos seus sonetos e o que sempre digo sempre é que: "SÃO BELOS"....
E este, como é óbvio, não foge à regra....

Tenha um bom fim de semana Andrade

tulipa disse...

O lugar perfeito,

a cor das águas,

o horizonte,

os reflexos das sombras,

os tons verde-esmeralda
.

aGOra
junte-lhe

Tailândia – Baía de Phangnga

ORIENTE

cheiro a maresia

Brisa fresca na pele
.
Que sensação bonita.

o mais importante

é que

EU
estava LÁ


dia 19 de Abril de 2012

dia do meu aniversário

faz precisamente hoje 1 ano

eu estava neste PARAÍSO