Seguidores

domingo, 18 de novembro de 2012

Poetas da Nossa Terra






Ah, poder ser tu, sendo eu!
Ter a tua alegre inconsciência,
E a consciência disso! Ó céu!
Ó campo! Ó canção! A ciência

Pesa tanto e a vida é tão breve!
Entrai por mim dentro! Tornai
Minha alma a vossa sombra leve!
Depois, levando-me, passai!
 Fernando Pessoa
 ********************************
 

3 comentários:

isa disse...

A inquietação de Pessoa!
Sempre uma excelente escolha.
Beijo.
isa.

Albertina Granja disse...

Mais um belo poema de Fernando Pessoa....!!!!!
Uma boa semana Andrade,,
Albertina

luna luna disse...

porque na vida tudo passa tudo acaba por passar
beijo