Seguidores

domingo, 22 de julho de 2012

Poetas da Nossa Terra





Antes que Seja Tarde

Antes que Seja Tarde Amigo,
  tu que choras
 uma angústia qualquer
  e falas de coisas mansas
 como o luar
  e paradas como as águas
 de um lago adormecido, acorda!
  Deixa de vez as margens
 do regato solitário
  onde te miras
  como se fosses a tua namorada. 
  Abandona o jardim sem flores
  desse país inventado 
  onde tu és o único habitante.
  Deixa os desejos sem rumo
  de barco ao deus-dará
  e esse ar de renúncia
  às coisas do mundo.
  Acorda, amigo,
  liberta-te dessa paz podre
 de milagre que existe
  apenas na tua imaginação.
  Abre os olhos e olha,
  abre os braços e luta!
  Amigo,
  antes da morte vir
  nasce de vez para a vida.

Manuel da Fonseca, in "Poemas Dispersos"
******************************* 

6 comentários:

isa disse...

Mensagem de alento e cântico à Vida
deste querido Poeta!
Belo para começar o dia.
Beijo.
isa.

Albertina Granja disse...

Quanta força, quanta esperança, nestas palavras.....!!!
Este é realmente um belo conselho....
".....nasce de novo para a vida....".
Tenha uma boa semana Andrade...

Sylvia Rosa disse...

Lamentar nunca foi a solução. O bom da vida é vivê-la sem esperar pelo outro dia e sem mala na mão carregando o passado que não volta mais. Saudade de vc. Bj grande

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Uma mensagem de força e esperança por dias melhores.
Como sempre uma escolha perfeita.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Magia da Inês disse...

¸.¸❤✿彡
Adorei esse poema e a mensagem otimista dele... se quisermos alguma coisa temos que ir à luta.
Bom fim de semana!
Beijinhos do Brasil.

✿彡
¸.¸❤✿•.¸

Mateus Leão disse...

Lindo poema,gostei muito tio de seu blog,um abraço.