Seguidores

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Poetas da Nossa Terra



A Luz que Vem das Pedras 

 A luz que vem das pedras, do íntimo da pedra,
tu a colhes, mulher, a distribuis
tão generosa e à janela do mundo.
O sal do mar percorre a tua língua;
não são de mais em ti as coisas mais.
Melhor que tudo, o voo dos insectos,
o ritmo nocturno do girar dos bichos,
a chave do momento em que começa o canto
da ave ou da cigarra
— a mão que tal comanda no mesmo gesto fere
a corda do que em ti faz acordar
os olhos densos de cada dia um só.
Quem está salvando nesta respiração
boca a boca real com o universo?

Pedro Tamen, in "Agora, Estar"

***************************************

5 comentários:

isa disse...

Bom dia!
Não conhecia este Poema e gostei de o ler,já que é de um Poeta que admiro.
Beijo.
isa.

Argos disse...

Ora aqui está um poeta de que gosto bastante!

Abraço e eobrigado

Sonhadora disse...

Meu amigo

Sempre belas escolhas, verdadeiras pérolas da poesia.
Este poema é lindo.

um beijinho com carinho
Sonhadora

Solange disse...

suas escolhas são fascinantes..
parabéns por esta.

bjs.Sol

Mara disse...

Boa tarde , meu querido!
É sempe muito bom reler Pedro tamen.Gostei desse poema que eu também não conhecia.
Beijo carinhoso e ótima semana.
Com carinho,
Mara