Seguidores

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Poetas da Nossa Terra






 
Contra ti se ergue a prudência dos inteligentes e o arrojo dos patetas
A indecisão dos complicados e o primarismo
Daqueles que confundem revolução com desforra.

De poster em poster a tua imagem paira na sociedade de consumo
Como o Cristo em sangue paira no alheamento ordenado das igrejas

Porém
Em frente do teu rosto
Medita o adolescente à noite no seu quarto
Quando procura emergir de um mundo que apodrece. 



4 comentários:

isa disse...

Grande Poetisa(raramente uso a palavra Poeta para os 2 géneros...feitios!)trouxeste hoje,
cantando essa figura que ainda hoje me apaixona.E como o faz!
Belíssimo poema.
Beijo.
isa.

Mara disse...

Boa tarde, meu querido!
Gostei muito.
Beijo

Albertina Granja disse...

"CHEGUEVARA"....!!!!
Não conhecia este poema...!!!!
Mas seguir este Blog tem destas coisas....
Há sempre algo que nos surpreende..
Gostei muito Andrade.
Parabéms pela escolha.

Magia da Inês disse...

Bom fim de semana!

¸.•°`♥✿⊱╮
❤♡
BOM DOMINGO!!!

Beijinhos.
Brasil
°º °♫♫♪¸.•°`