Seguidores

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Poetas da Nossa Terra


Uma Boa e Santa Páscoa para todos




Deve ser o último tempo


Deve ser o último tempo
A chuva definitiva sobre o último animal nos pastos
O cadáver onde a aranha decide o círculo.
Deve ser o último degrau na escada de Jacob
E último sonho nele
Deve ser-lhe a última dor no quadril.
Deve ser o mendigo à minha porta
E a casa posta à venda.
Devo ser o chão que me recebe
E a árvore que me planta.
Em silêncio e devagar no escuro
Deve ser a véspera.Devo ser o sal
Voltado para trás.
Ou a pergunta na hora de partir.



Daniel Faria
de Explicação das Árvores e de Outros Animais
1998

7 comentários:

Olinda Melo disse...

Olá, Andradarte

Um lindo poema de um poeta que não conhecia. Muitas interrogações que carregam um certo mistério...

Uma Feliz Páscoa.

Olinda

Albertina Granja disse...

Eis um poema demasiado misterioso..., mas bonito....!!!!
Uma Páscoa Feliz

Teresinha Oliveira disse...

Misterioso mesmo, mas lindíssimo. Para se ler e reler. A morte o ronda, porém é bela.
Teresinha Oliveira.

Suzy disse...

Gosto muito dos poetas portugueses.
Feliz Páscoa!
Bjos ;)

Cris Michelon disse...

Páscoa é tempo de Amor, de família e de Paz...
É tempo de agradecermos discretamente por tudo que temos e por tudo que teremos.
Páscoa é um sentimento nos nossos corações de esperança e fé e confiança.
Feliz Páscoa para toda a familia
bjs

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Hoje passando para desejar uma Páscoa Feliz e cheia de amor e paz, junto de todos que lhe são queridos.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Sylvia Rosa disse...

Espero ter tido uma Páscoa achocolatada, e aqui venho dizer que sinto saudade do amigo.
Bj e Boa nt