Seguidores

domingo, 17 de julho de 2011

Poetas da Nossa Terra




Para quê Complicar

Não precisas de presentes
Nem rimas, nem flores, nem nada
Basta trazeres o que sentes
E chegares de madrugada

Perde as mãos pelo meu corpo
Faz-me calar com um beijo
Como se eu fosse o teu porto
E tu meu mar de desejo

Deixa falar a paixão
Não faças juras de amor
É só carinho e tesão
Suor, gemidos, calor

Enrosca-te no meu seio
Os corações a bater
Sem confusão, sem rodeio
Mais simples não pode ser.
Rosa Cordeiro 


7 comentários:

Isamar disse...

Não conheço a autora do poema mas se é de amor que se fala, é difícil não gostar. Há lá coisa mais bonita!

Bem-hajas, amigo!

Beijinhos

Mara disse...

Zé meu querido, boa tarde!
"Pra quê complicar" ....
Tem coisa mais linda do que versos de amor e paixão?
Não conhecia Rosa Cordeiro e gostei muito.
Você, como sempre, nos presenteando com belos poemas de poetas e poetisas diversificados.
Parabéns e bom início de semana.
Beijo,
Mara

ONG ALERTA disse...

Lindas palavras para o amor, beijo Lisette.

Memória de Elefante disse...

Um belo poema onde todos os significados são sutis e mortais.

Um beijo

Vivian disse...

...gosto desta casa, porque
cheira poesia.

bjoooooooooo, moço!

Eloah disse...

Meus aplausos para a poetisa.Amei o poema.Tudo muito intentenso e muito simples quando existe o amor.Adorei o Post.Parabéns amigo.um forte abraço Eloah

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Um poema lindo e sensível, bela escolha.

Deixo um beijinho
Sonhadora