Seguidores

terça-feira, 19 de abril de 2011

Poetas da Nossa Terra









Se me comovesse o amor


Se me comovesse o amor como me comove
a morte dos que amei, eu viveria feliz. Observo
as figueiras, a sombra dos muros, o jasmineiro
em que ficou gravada a tua mão, e deixo o dia

caminhar por entre veredas, caminhos perto do rio.
Se me comovessem os teus passos entre os outros,
os que se perdem nas ruas, os que abandonam
a casa e seguem o seu destino, eu saberia reonhecer

o sinal que ninguém encontra, o medo que ninguém
comove. Vejo-te regressar do deserto, atravessar
os templos, iluminar as varandas, chegar tarde.

Por isso não me procures, não me encontres,
não me deixes, não me conheças. Dá-me apenas
o pão, a palavra, as coisas possíveis. De longe.

Francisco José Viegas (n.1962), "Se Me Comovesse o Amor",2007

8 comentários:

Isamar disse...

Lindíssimo poema! Já o disse, não sei onde, talvez no teu blogue, que desconhecia o poeta Francisco José Viegas mas não só tive o prazer de conhecer este seu lado como me tornei apreciadora da sua poesia.

Bem-hajas!

Beijinhos

Boa Páscoa

Albertina Granja disse...

E é comovente este poema!!!
Gostei.
Feliz Páscoa

Mara disse...

Boa tarde, meu querido!

Este poema de Francisco José Viegas é realmente comovente.
Quanto a mim, o amor me comove,as coisas de longe me comovem, pois acredito que mais dias ...menos dias ... terei-as bem perto.Elas deixarão de ser "coisas de longe' para tornarem-se um presente feliz e um futuro promissor.

Feliz Páscoa.
Com carinho,
Mara

tulipa disse...

O meu Amigo não apareceu na festa virtual que fiz pelo meu aniversário, há 2 dias...alguns compareceram e cantaram-me os Parabéns.
Já passou...é um dia curto para tudo que se quer fazer...
Mas, por norma, nesse dia não trabalho, é a última coisa que quero fazer...
é um dia só meu e ocupo-o como muito bem me apetecer.
1º de tudo - acordar só quando o corpo pedir acção, sem despertadores;
depois...vim à net ver quem já se tinha lembrado de mim e fiz 2 posts, um em cada blog convidando os amigos para petiscar algo; mas, juro-lhe, do fundo do coração, o que eu gostaria mesmo, a sério, era receber-vos a todos num lugar a sério, sem ser virtual e confraternizar com todos aqueles que fazem parte da minha vivência.

A vida é tão curta, porque não havemos de estar com quem gostamos?

Adoro comida mexicana, por mim marchava um pouco de tudo.

Votos de Páscoa Feliz.
Uma boa semana

BELA FLOR. disse...

Oie ficou lindo seu poema!

Desejo uma Feliz Páscoa ! beijos

leandro guedes disse...

Os meus amigos andam todos muito virados à poesia.
Parabens por mais este belo poema.
Para si amigo, votos de Feliz Páscoa.

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Hoje passando para desejar uma Páscoa Feliz com muito amor e paz, junto de todos que ama.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Domenico Condito disse...

Que esta passagem traga realmente renascimento, amor, esperança e harmonia!
Feliz Páscoa!