Seguidores

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Poetas da Nossa Terra



A nossa casa

A nossa casa, Amor, a nossa casa!
Onde está ela, Amor, que não a vejo?
Na minha doida fantasia em brasa
Constrói-a, num instante, o meu desejo!

Onde está ela, Amor, a nossa casa,
O bem que neste mundo mais invejo?
O brando ninho aonde o nosso beijo
Será mais puro e doce que uma asa?

Sonho... que eu e tu, dois pobrezinhos,
Andamos de mãos dadas, nos caminhos
Duma terra de rosas, num jardim,

Num país de ilusão que nunca vi...
E que eu moro - tão bom! - dentro de ti
E tu, ó meu Amor, dentro de mim...
Florbela Espanca

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»«««««««««««+++««««««««««««

6 comentários:

Rosane Marega disse...

QUE LINDO A COMBINAÇÃO DA MUSICA COM O POEMA, GOSTEI TANTO!
BEIJOSSSSS

Ava disse...

Moço, que belo poema!
Florbela sabe falar coma alma e nos encantar, sempre...
Estava com saudades do seu romantismo...


Beijos e carinhos...

Mara disse...

Oi Zé, meu querido!
Florbela é sempre bem vinda.
Gostei muito!

(...)
Sonho... que eu e tu, dois pobrezinhos,
Andamos de mãos dadas, nos caminhos
Duma terra de rosas, num jardim,


Num país de ilusão que nunca vi...
E que eu moro - tão bom! - dentro de ti
E tu, ó meu Amor, dentro de mim...

Beijos,
Mara

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Florbela...imortal, para mim é maravilhosa.

Beijinho
Sonhadora

Insana disse...

Que delia de poema..

bjs
Insana

Albertina Granja disse...

Gosto muito de Florbela Espanca e obviamente de todos os seus poemas, mas este, para mim é especial.