Seguidores

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Poetas da Nossa Terra


  
E. M. de Melo e Castro nasceu na Covilhã.
Poeta, crítico e ensaísta. Formou-se em Engenharia Têxtil em Bradford (Inglaterra), em 1956. Foi professor de Design Têxtil no IADE (Instituto Superior de Arte, Design e Marketing). Doutorado em Letras pela Universidade de São Paulo (1998), À sua iniciativa se ficou devendo a publicação, no Jornal do Fundão e no Notícias de Luanda, de páginas especiais dedicadas à poesia experimental, sendo também um dos organizadores do segundo caderno de Poesia Experimental e de outras publicações como Hidra e Operação I. 
 Deixo uma nota pessoal...:Ernesto Melo e Castro, 
foi meu companheiro de carteira na Primária.
Ele da 4ªclasse e eu da primeira.



de amor se faz amor
de nada mais resulta amor
que amor se faz de amor
de nada mais.
resulta amor de amor
que amor se faz de nada.
mais resulta que amor de amor
se faz amor de nada.
mais.


**************************************************

2 comentários:

Mara disse...

Olá, meu lindo!
Belos versos...verdadeiros, diretos e que nos dizem muito.

de amor se faz amor
de nada mais resulta amor
(...)

Eu diria também que: o amor não se explica...ama-se e pronto.

Beijos carinhosos,
Mara

Sonhadora disse...

Meu amigo

Passando e deixando um beijinho.
Sonhadora