Seguidores

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Poetas da Nossa Terra


O amor

MOTE

Amor é chama que mata,
Sorriso que desfalece,
Madeixa que desata,
Perfume que esvaece.



GLOSAS

Amor é chama que mata,
Dizem todos com razão,
É mal do coração
E com ele se endoidece.
O amor é um sorriso
Sorriso que desfalece.

Madeixa que se desata
Denominam-no também.
O amor não é um bem:
Quem ama sempre padece.
O amor é um perfume
Perfume que se esvaece.

Mário de Sá-Carneiro

**************************

4 comentários:

Isa disse...

Não conhecia este lindo poema de
Mário de Sá-Carneiro!
Mas gostei e concordo em muita coisa.
Boa noite.
Beijo.
isa.

Mara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mara disse...

Oi Zé!
Eu também não conhecia este poema e gostei muito.

Quem ama sempre padece.O amor é um perfumePerfume que se esvaece.

Bjs

Magia da Inês disse...

Oiiiiii, amigo!
Para mim seu espaço é um achado... muito poético... aqui vou conhecendo mais poetas.
Adoro poesia... nesse mundo em que vivemos, é tudo que vale a pena!!!
Beijinhos.
Itabira
Brsil