Seguidores

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Viagens na Nossa Terra


Nazaré



De: RAUL BRANDÃO

Do Valado à Nazaré são seis quilómetros, quase sempre através do
monótono pinheiral de El-Rei. É um majestoso templo que não
acaba e onde a solidão se torna palpável entre os troncos cerrados
e sob as copas espessas. Por fim, o caminho desce, passando
a pederneira, e avista-se lá em baixo a branca Nazaré
e o mar apertado num vasto semicírculo de montes verdes,
que mergulham no azul os alicerces. Ao norte,
o panorama acaba de repente num paredão temeroso,
que entra direito pelas águas e entaipa o céu.
É um morro avermelhado e riscado, com vegetação pegajosa de urzes
e de cardos e um penedo destacado na ponta - o bico do Guilhim.
Lá em cima, as paredes brancas duma aldeia árabe
entre as sebes de cactos hostis - o Sítio. Pedaços de rocha
salientes ameaçam desabar a toda a hora.....

:::::::::::

5 comentários:

Isa disse...

Lindo este post.
Que pena os portugueses e ñ só,ñ gostarem de conhecer a beleza da
nossa terra.
Beijo.
isa.

Vivian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vivian disse...

...mas é muito prazeroso
quando podemos viajar pelas
maravilhas de nosso país,
e vc o fez tão bem aqui.

que linda é esta tua terra,
Andrade!

adoro...

quanto a vc gostar da
minha imagem de natal,
conte comigo se quiser colocar
uma também nos seus blogs.
para isso escolha uma imagem
e me envie neste endereço
de email

vivifelicce@yahoo.com.br

ficarei muito feliz em ajudá-lo
a enfeitar a casa...

rsrs

bj

Chris disse...

Gostei de voltar aqui e reler as suas palavras...
obrigado pela partilha
Chris

poetaeusou . . . disse...

*
Brancas paredes
de Aldeia Arabe,
é verdade, Amigo,
FENICIOS, meus AVOENGOS ?
Chegaram por Mar
Algarve, Costa Alentejana
Setúbal, Olisipo (Lisboa)
Ericeira e Peniche
Baia da Pederneira – Nazaré - chegando a Cós - Alcobaça,
Buarcos e Delta de Aveiro
vieram do Líbano, Berço
da Cultura Fenícia,
Biblos, Tiro, Sidon
no Mediterrâneo
Fizeram a ponte do Oriente com Ocidente !!!
Raul Brandão, um amigo da Nazaré,
,
obrigado pelo post,
um obrigado, fica,