Seguidores

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Joaquim Pessoa



Um cheirinho de Alecrim

cantiga de amigo


CHICO

anda ver o meu país de generais.


Anda ver os marinheiros

nesta faina do peixe e do patrão.

O meu país de lobos e cordeiros.

Com generais a mais. E um novo capitão.

Anda ver Chico meu irmão

tanto Judas. E só trinta dinheiros.

2

Que festa é esta que estala

por dentro do coração?

É um cravo ou uma bala

que a gente põe na canção?

Que festa é esta que festa

que é feita de solidão?


Meu amigo meu amigo

tanto mar que nos separa!

Quanto mais loiro é o trigo

mais vermelha é a seara.

Estás comigo. E eu contigo.

Connosco está Victor Jara.


A canção é uma arma.

Se alguém lhe toca dispara.

6 comentários:

Isa disse...

Hoje há muito para dizer!
Já aqui tinha e vi as diferenças
estéticas.Gostei.Nem outra coisa era de esperar do teu bom gosto.
Quanto ao Poema,Sempre Pessoa, dizendo o que muitos pensamos.
Parabéns,Amigok,pela escolha!
Beijo.
isa.

Isa disse...

Desculpa,a frase (2ª)está incompleta:
"Já aqui tinha vindo"...
Beijo.
isa.

Dulcineia (Lília) disse...

Hummm
Deambulando vim aqui parar.
Em boa hora. Lindo poema. A lembrar-me tantos outros : a cantiga é uma arma, eu vim de longe, tantos e tantos... a nossa memória ~´e também os que partem, que passaram da utopia à acção.
Vitor jara, neruda, anacrónicos, sempre!
voltar cá, com mais tempo
Até lá, sorrisos meus, e do arco-íris

Pelá equipa do Arco-íris, na m/pessoa e ao m/jeito, votos de boa PÁSCOA. perde uns minutos e vê, contagia-te:

http://www.youtube.com/watch?v=zlfKdbWwruY&feature=related

Beijinhos
Lília

EternaApaixonada disse...

*****

Reafirmo o que escrevi no outro blog...
Está demais!
Continue assim, entusiasmado e encantar seus amigos leitores!
Beijos

*****

Princesa disse...

Que a alegria da Páscoa

invada o seu coração

e o daqueles a quem ama,

irradiando luz para iluminar

e fazer brilhar o mundo em

que vivemos, enchendo-o de

AMOR, SAÚDE, PAZ

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...el alma puesto en la palabra es la mas dulce de las situaciones...un fuerte abrazo jose ramon.