Seguidores

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Entrudo - Carnaval
















*Dos Santos ao Natal, cada dia mais mal;do Natal ao Entrudo, come-se capital e tudo.
*Entrudo borralheiro, Natal em casa, Páscoa na praça.
*Farta-te gato que é dia de Entrudo.
*Pelo Natal semeia o teu alhal, e se o quiseres cabeçudo. semeia-o pelo Entrudo.
*Quem quer o alho cabeçudo, semeia-o pelo Entrudo.
*Quer no começo quer no fundo, em Fevereiro vem o Entrudo.
*Pelo Entrudo, cartaxo penudo.
*Não há Entrudo sem Lua Nova nem Páscoa sem Lua Cheia.
*Alegria, Entrudo, que amanhã será cinza.

5 comentários:

Isa disse...

Bom Dia! Para ti um domingo agradável e com saúde.
És ou vives numa zona k é bem conhecida pelo Carnaval.Já aí estive umas vezes por essa altura e
achei interessante,apesar de ñ gostar de multidões.
Gostei destes provérbios.Conhecia um ou outro.
Beijo.
isa.

poetaeusou . . . disse...

*
em
torres vedras
e na
nazaré,
a crise não entra não,
,
venham reis e rainhas,
minis e matrafonas,
os mandões e as mandonas,
toca, toca, a carnavalar . . .
,
*

Paula Raposo disse...

Não conhecia estes provérbios. E foi um prazer visitar este cantinho. A seguir vou ao outro. Beijos.

Heloísa disse...

Andrarte,
Interessante que esse termo "entrudo" era muito usado por meu avô, que era nascido, há muitos e muitos anos, em uma cidade brasileira com forte influência açoriana.
Aqui pelos meus lados, esse termo nunca foi usado. Sempre foi "carnaval".

Isa disse...

Boa tarde,quido Amigo.
Ñ foi erro."quido" é um termo terno.Ñ leve a mal.Utilizo às vezes.
Então foram censurados,por aí?
Ao ouvir,nem queria acreditar...
Olhei à minha volta e pensei:
"estou no séc.XXI,em Democracia?Ou
voltei atrás?????
Bom carnaval.
Beijoo.
isa.